Calabash Android – Executando testes em mais de um aparelho móvel

Neste post, aprenderemos como executar seus testes do Calabash em mais de um aparelho móvel ao mesmo tempo! E, além disso, como executar dois projetos do Calabash em sequência! Como exemplo, usaremos os aplicativos Vivo Sexualidade e Vivo Chat, desenvolvidos pela Take.

Se você não acompanhou os posts anteriores, acesse os links da Parte 1 e Parte 2 e aprenda a instalar o Calabash Android em sua máquina. Para aprender a começar um projeto, clique aqui. Para aprender a criar seus primeiros testes, clique aqui. Para uma ótica dica de report, clique aqui. Para aprender a criar testes além dos canned steps , clique aqui!

Executando o teste em mais de um aparelho celular

1. Criar o arquivo .bat

Para executar os testes do Calabash em mais de um aparelho simultaneamente, é necessário criar um arquivo com a extensão .bat.  Para criar o arquivo .bat, abra o editor de texto de sua preferência e salve o arquivo no formato nomeDoArquivo.bat. Salve o arquivo na mesma pasta onde a apk está salva.

Criando o arquivo de extensão .bat

Criando o arquivo de extensão .bat

 

Dentro do arquivo .bat, vamos definir algumas coisas, como:

O arquivo .bat

O arquivo .bat

 

SET apk=nomeDaApk.apk – dessa forma, não é preciso escrever o nome da apk em todas as linhas

FABRICANTE MODELO XT – especifique o nome do modelo (para que o arquivo fique bem organizado)

start cmd /k Calabash-android run %apk% – comando para iniciar a execução do teste

ADB_DEVICE_ARG=xxxxxxxxxx – código que identifica o aparelho

TEST_SERVER_PORT=12345 – a porta onde o teste será executado

–format html -o z_modelo_do_aparelho.html – coloque o nome do modelo executado para facilitar a leitura do report

 2. ADB_DEVICE_ARG

Para encontrar o ADB_DEVICE_ARG, conecte via usb os devices que serão usados para teste. Em seguida, abra o CMD e execute a linha de comando adb devices. Retornará o List of devices attached. Ela contém todos os devices reconhecidos pelo computador.

ADB_DEVICE_ARG

ADB_DEVICE_ARG

 

3. Exemplo de arquivo .bat:

Seu arquivo .bat ficará da seguinte forma, por exemplo:

Exemplo de um arquivo .bat

Exemplo de um arquivo .bat

 

Esses passos deverão ser repetidos para todo aparelho em que o teste for executado.

4. Executando o teste

Para executar o teste, abra o CMD na pasta onde está o arquivo .bat e execute apenas o nome do seu arquivo.bat.

Exemplo: Run.bat

 

Executando o arquivo .bat

Executando o arquivo .bat

 

Ao executar o arquivo.bat , abrirá um CMD para cada aparelho onde o teste será executado.

Ao final dos testes, será gerado um report para cada aparelho testado.

Report para cada device executado

Report para cada device executado

 

Executar mais de um projeto em sequência

1. Criar o aquivo .bat

O arquivo .bat também permite que mais de um teste automatizado (mesmo que sejam aplicativos diferentes) seja executado, em sequência, no aparelho de forma automática.

Para executar os testes, o arquivo fica da seguinte forma:

Arquivo .bat para executar dois projetos

Arquivo .bat para executar dois projetos

 

Nesse exemplo, serão executados os testes nos aplicativos Vivo Sexualidade e Vivo Chat.

No caso do Vivo Sexualidade, serão executados três testes diferentes para o mesmo aplicativo. Após executar esses três testes, o aplicativo Vivo Sexualidade será finalizado, dando início aos testes do Vivo Chat.

Linhas 1 e 24: Passe o nome de cada apk

Linhas 8, 12, 16 e 27: Passe o caminho onde estão os testes do Calabash

Linhas 9, 13, 17 e 28: comando para iniciar a execução dos testes.

   2. Executando o teste

Crie uma pasta onde os testes do Calabash serão salvos. Dentro da pasta, salve o arquivo .bat.

Arquivos salvos na pasta

Arquivos salvos na pasta

 

Abra o CMD dentro da pasta que contém o arquivo .bat e execute apenas o nome do arquivo, como no exemplo anterior.

Considerações

 1. Testes em aparelhos com tamanhos de telas diferentes

Certifique-se que o elemento procurado aparece na tela de todos os aparelhos, até nos menores. Podem haver casos em que, para encontrar o elemento, é preciso dar scroll na tela.

2. Aparelhos com desempenho diferentes

Ao executar o teste em aparelhos com desempenho diferentes, você notará que o teste será executado em tempos diferentes. Alguns cenários serão executados mais rápidos em uns e mais lentos em outros.

 

Esse post encerra nosso assunto sobre automatização de testes utilizando Calabash-Android. Podemos ver quantas coisas podemos fazer que ajudam, e muito, na hora de testar aplicativos móveis. Com os testes automatizados, podemos criar testes de funcionalidade, conectividade e, além disso, abranger um número maior de aparelhos com diferentes tamanhos de tela e desempenho. Tudo isso daria uma trabalheira se fosse feito manualmente, não é mesmo?!

Qualquer dúvida, entre em contato conosco.

Até a próxima!

Sobre o(a) autor(a)

Letícia Bomfin Ramos
Letícia Bomfin Ramos

Graduanda em Sistemas de Informação pela Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais, iniciando a carreira em 2012 como estagiária da Gerência de Homologação na Prodabel. Hoje, atua como Analista de Qualidade de Software na Take. Apaixonada pela area de qualidade de software, mobile, chatbots e automação de testes. Conquistou o 4º lugar e o prêmio Most Useful Test Report na etapa South America do Software Testing World Cup 2014, ao lado de Samantha (QA), André (QA) e Rhamon (PO).

5 comentários

Comente
    • Boa tarde Gislaine,

      Já sim! Esse é um exemplo de como os testes pelo Calabash podem ser paralelizados. Nesse caso, o arquivo .bat criado executa um dos cenários que podemos fazer utilizando parallel_calabash, que é executar todos os cenários em todos os aparelhos.

      Com o parallel_calabash esses cenários podem ser divididos entre os aparelhos. Se tenho 50 cenários e 5 aparelhos, cada aparelho executa 10 cenários de testes diferentes. Esse é só um exemplo do que pode ser feito utilizando parallel_calabash! 🙂

      Caso queira saber mais, você pode acessar essa página: https://github.com/rajdeepv/parallel_calabash

    • You are so right, Nanette – I was buzzing all week through sneezing and shivers when you mailed me. That, and this post got me thinking, when was the last time I actually did something similar?Yes, I say thanks, yes I share thin2s&#8g30; but more than that, I can’t actually remember. Time to change!Jan recently posted..

  • Amazingly, your piece goes to that the heart of that the topic.Your clarity leaves me wanting to recognize more. Just soyou recognize, i’ll immileatedy grab your feed tokeep up nowadays with your via that the internet blog. Sounding Out thanksis only my minor manner of claiming what a masterpiece for afantastic resource. Take On my best wishes for your subsequent publish.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode usar as seguintes tags e atributos HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

by Take ® 2015 | Todos os direitos reservados.linkedin